Quando e como se desmembraram os municípios paulistas

A Fundação Seade está disponibilizando um recurso inédito para a visualização de um amplo panorama do desmembramento dos municípios paulistas, desde o descobrimento do Brasil. Inicialmente, deu-se prioridade à coleta das informações referentes aos dez primeiros núcleos populacionais: São Vicente, São Paulo, Guaratinguetá, Taubaté, Iguape, Jundiaí, Mogi das Cruzes, Cananéia, Sorocaba e Ubatuba, que deram origem aos demais municípios existentes na atualidade.

via GIPHY

 

Por exemplo, São Vicente, criado em 1532, foi desmembrado em três outros: Santos, Itanhaém e Praia Grande. Santos, por sua vez, foi desmembrado e surgiram Guarujá, Bertioga, Cubatão e São Sebastião. Esse último deu origem a Ilhabela e Caraguatatuba. As informações são oferecidas em forma de gráfico dinâmico (dendograma), que possibilita a interação do usuário na apresentação do resultado de sua pesquisa. Além de todo o histórico do desmembramento, o gráfico mostra a data de criação de cada município.

Desmembramento dos municípios paulistas

Veja como surgiram os 645 municípios do Estado de São Paulo: http://www.seade.gov.br/visualizacao/desmembramentosp/index.html

Publicado por Fundação Seade em Segunda, 21 de novembro de 2016

A fonte das informações utilizadas para a elaboração do gráfico é o banco de dados Memória das Estatísticas Vitais, lançado em 2001 pela Fundação Seade, que se baseou em fichas manuscritas herdadas do antigo Departamento Estadual de Estatística do Estado de São Paulo.

O endereço para visualização completa é: www.seade.gov.br/visualizacao/desmembramentosp/